Archive for the ‘Plantas ornamentais’ Category

Bromelias e a Dengue

Com a chegada do verão e as chuvas, algumas pessoas ficam com medo de manter as bromélias em casa, por causa do mosquito Aedes Aegypti,devido a  água que fica parada no centro das folhas.

Mas será a bromélia, realmente o local preferido do mosquito?

Segundo o instituto IOC (Instituto Oswaldo Cruz) não são, foram efetuados várias pesquisas no Jardim Botânico do RJ e não encontraram  nada que comprovasse essa informação. Algumas larvas encontradas pertenciam a mosquitos dos gêneros Culex e Anopheles, nativos de nossa fauna. As bromélias verificadas foram expostas a chuvas e não foram tratadas com nenhum tipo de inseticida durante a pesquisa e nem nos dez meses anteriores.

Sabe-se que o mosquito da dengue prefere água limpa e parada, e a água que fica no centro das bromélias não é considerada uma água limpa, e sim um oasis para pequenos animais, que se alimentam de possíveis larvas, diferente de pratinhos de plantas, pneus, garrafas e caixa d’águas que ficam com água limpa e parada, esses sim os locais preferidos dos mosquitos.

Para eliminar o foco da doença, cada um deve fazer sua parte, começando pelas nossas casas que são os maiores criadouros da doença.

Não precisamos eliminar as bromélias de nossos jardins, apenas tomar os cuidados necessários.  Porque como diz o velho ditado: melhor prevenir do que remediar.

Existem algumas receitas caseiras, que podem dar bons resultados.

Calda de fumo (20 gramas de fumo de rolo picado) ferva em um litro de água. (espere esfriar, claro) ou deixe de molho de um dia para o outro.

Água sanitária (uma colher de chá para 1 litro d’água)

Até a borra de café serve duas colheres de sopa para meio copo de água.

Coloque uma colher de sopa no centro das plantas (plantas, porque duvido que alguém tenha só uma kkkk)

Note que são dicas bem simples, que tem como única finalidade “sujar” a água para evitar que o mosquito fêmeo coloque seus ovos.

Repita a operação uma vez por semana, ou quando chover.

E lembre-se é crime ambiental, inafiançável, extrair ou destruir bromélias ou qualquer planta dos ambientes naturais!

Você sabia:

  • Um ovo de Aedes Aegypti pode sobreviver em ambiente seco por aproximadamente 400 dias. Se neste período ele entrar em contato com água, poderá gerar uma larva e, em seguida, o mosquito.